dúvidas para responder antes de iniciar a carreira de redator freelancer

5 dúvidas para responder antes de iniciar a carreira de redator freelancer

A carreira de redator freelancer é bastante convidativa, não é mesmo? Se você já se dedica exclusivamente a ela ou está cogitando essa possibilidade, sabe que poder trabalhar de onde quiser, sem ter que seguir ordens de um “chefe” propriamente dito, além de poder escrever no horário que achar mais conveniente, é realmente muito atrativo!

A carreira de redator freelancer é bastante convidativa, não é mesmo? Se você já se dedica exclusivamente a ela ou está cogitando essa possibilidade, sabe que poder trabalhar de onde quiser, sem ter que seguir ordens de um “chefe” propriamente dito, além de poder escrever no horário que achar mais conveniente, é realmente muito atrativo!

Dependendo da quantidade de projetos que você assumir e da sua produtividade diária, também é possível tirar uma boa graninha com essa atividade. No entanto, será que você realmente “nasceu” para ser um redator freelancer e vai produzir apenas conteúdo de primeira qualidade?

Bom, você já deve saber que não basta escrever qualquer coisa e entregar ao cliente: isso fará com que a sua reputação seja rapidamente afetada e que ninguém mais queira trabalhar com você. Para se tornar um redator freelancer bem-sucedido, é preciso ter algumas habilidades e características que, infelizmente, nem todos estão preparados para exercer.

Por isso, se você pretende seguir a carreira de redator freelancer, seja para complementar a renda ou para se ocupar em tempo integral, é muito importante estar certo sobre essa escolha!

Para ajudá-lo a tomar essa decisão, responderemos neste post algumas das principais dúvidas de quem se interessa por essa atividade. Confira:

1. Você ama escrever e tem domínio da língua portuguesa?

Essas são as principais perguntas que você deve responder antes de sequer pensar em ser um redator freelancer. Um texto bem escrito, objetivo e que segue exatamente as orientações do pitch consegue passar credibilidade para quem o lê.

Logo, não tem jeito, você precisa saber escrever e ter um bom português se a sua intenção é viver da escrita. Desse modo, todo o seu texto deve estar:

  • Adequado ao tom da persona do cliente;
  • De acordo com as regras gramaticais;
  • Ortograficamente correto;
  • Com a pontuação impecável.

E não pense que trabalhar com texto é fácil! Por mais que você receba o tema a ser desenvolvido, tem horas que a inspiração pode faltar. Nesses momentos, é preciso estar sempre em busca de novos conhecimentos para se manter atualizado com as tendências do mercado.

2. Está preparado para entregar um conteúdo de qualidade?

O redator freelancer de sucesso não se sente satisfeito apenas com as referências que recebeu para desenvolver um texto. Se ele quer que o seu conteúdo seja único e o mais original possível, ele irá em busca de outras fontes para garantir o texto ideal ao seu cliente.

Além de saber escrever e dominar o português, entender os preceitos do marketing de conteúdo e ter noções de SEO também são algumas das suas obrigações. Desse modo, por mais que você não seja um especialista em todos os assuntos, será sempre capaz de entregar um bom material, condizente com o que o cliente espera do trabalho.

3. Você será capaz de cumprir com os prazos determinados?

Você pode ser um ótimo escritor e saber falar sobre determinado assunto como ninguém. Mas isso de nada adianta se você for uma pessoa que não cumpre com a sua palavra, que perde todos os prazos e que não respeita o que foi combinado com o cliente.

Cuidar da sua reputação é imprescindível, pois ela pode alavancar ou arruinar a sua carreira de redator freelancer em poucos dias. Afinal quem tem fama de irresponsável e está sempre atrasado com as entregas, perde a credibilidade e para de receber ofertas de trabalho.

Portanto, tenha uma agenda bem estruturada, com todos os seus trabalhos e obrigações organizados. É claro que imprevistos acontecem e, nesses casos, conversar com o cliente e explicar a situação é sempre o mais indicado. Mas deixar que isso se torne um hábito, além de falta de profissionalismo, é bem desfavorável para a sua carreira.

4. É organizado com as finanças?

É importante ter em mente que trabalhar como freelancer não lhe garantirá uma renda fixa. Alguns meses podem ser melhores do que outros e, por conta disso, ser organizado com as finanças é fundamental.

Antes de dar esse passo na carreira de freela, o indicado é que você junte uma quantia de dinheiro suficiente para pelo menos 4 meses de sustento. Ela será necessária em caso de imprevistos ou caso você não consiga tantos trabalhos quanto precisava para arcar com as suas despesas mensais, por exemplo.

Por isso, planeje bem essa empreitada: avalie e registre cuidadosamente quais são os seus principais gastos e o quanto você vai precisar para se sustentar.

5. Administra bem sua vida profissional e pessoal?

São muitas as tentações para quem trabalha de casa. Sua cama está logo ali, existem vários programas passando na televisão e não tem ninguém controlando o que você está fazendo na internet.

Além disso, se você mora sozinho, as tarefas da casa estarão todas esperando por você, já que alguém precisa alimentar o cachorro, as louças e as roupas não se lavam sozinhas e nem o pó desaparece milagrosamente.

Se você não estabelece uma rotina, não providencia um local de trabalho adequado e nem cria um cronograma determinando os momentos para vida profissional e vida pessoal, cuidado: o seu rendimento será afetado negativamente.

Para te ajudar a entrar no clima das responsabilidades, vale tentar até mesmo não trabalhar de pijama, ou ainda simular o mesmo tipo de postura que você teria em uma empresa, por exemplo.

Para que o trabalho em casa seja realmente satisfatório, existem algumas condutas que você pode adotar, como:

  • Determinar um local de trabalho, que esteja organizado e que tenha tudo o que vai precisar para executar suas atividades;
  • Fazer pequenas pausas durante a rotina de trabalho e reservar um horário para o almoço;
  • Separar um dia ou momentos específicos na semana para as atividades da casa;
  • Evitar qualquer coisa ou pessoas que possam distraí-lo ou prejudicar o seu desempenho enquanto está escrevendo;
  • Estabelecer um horário de trabalho, de preferência um que seja próximo ao comercial. Dessa forma, você conseguirá conversar com clientes e tirar dúvidas com mais facilidade.

Já está se sentindo preparado para seguir a carreira de redator freelancer, não é? Ainda não sabe por onde começar, ou quer aprimorar o seu trabalho? Então baixe gratuitamente o nosso e-book Trabalho freelancer: todos os segredos desvendados. Este material exclusivo irá ajudá-lo em tudo o que você precisa saber sobre este trabalho!

Dúvidas para responder antes de iniciar a carreira de redator freelancer