Como encontrar as melhores referências para artigos

Como encontrar as melhores referências para artigos

Na internet, é muito difícil encontrar conteúdos que sejam totalmente inovadores e com abordagens diferentes. É muito comum encontrar materiais que sejam baseados em outros artigos, façam uma compilação de vários dados e informações, trazendo sempre uma nova contribuição própria para o conteúdo.

Na internet, é muito difícil encontrar conteúdos que sejam totalmente inovadores e com abordagens diferentes. É muito comum encontrar materiais que sejam baseados em outros artigos, façam uma compilação de vários dados e informações, trazendo sempre uma nova contribuição própria para o conteúdo.

Para o redator freelancer, por mais que ele já receba algumas referências do ponto de vista do cliente, é fundamental saber pesquisar textos de base por conta própria, para entender como o mercado em questão está lidando com aquele assunto e quais os exemplos de linguagem que vão ser utilizados, por exemplo.

Então, vamos te ajudar a saber como fazer uma pesquisa de referências eficiente para que a qualidade dos seus textos seja sempre a melhor possível. Confira as nossas dicas a seguir!

Procure referências em inglês

O marketing de conteúdo, por mais que seja uma técnica já utilizada há muito tempo, está se tornando cada vez mais comum através dos blogs e ebooks. O Brasil está crescendo muito neste sentido, mas ainda fica em defasagem com a quantidade de conteúdo que é produzido nos Estados Unidos e na Inglaterra, por exemplo.

Sendo assim, para encontrar referências sobre algum assunto mais específico ou sobre novidades tecnológicas, por exemplo, é bom pesquisar o assunto em inglês. É fundamental ser cauteloso na tradução pois muitas palavras possuem mais de um significado, tanto na língua inglesa, quanto portuguesa, o que pode fazer com que o texto tome diferentes direcionamentos de interpretação.

Tome cuidado com a diversidade de conteúdos

A internet é vista como democrática justamente pela facilidade de publicação de conteúdo por qualquer pessoa. Este quesito pode ser visto como positivo, pela grande abrangência que oferece, mas também é necessário tomar algumas precauções, para garantir a legitimidade dos seus textos.

Desta forma, evite confiar em sites que sejam baseados em contribuições de qualquer pessoa, como WikiPedia e WikiHow, por exemplo. Estes sites podem ser editados por qualquer pessoa, sendo especialistas no assunto ou não, o que causa uma incerteza em relação à procedência das informações. Também é importante evitar utilizar blogs que expressem opiniões pessoais como referência para os textos.

Procure referências no segmento

Para escrever para algum nicho específico, é importante identificar quais são os blogs ou profissionais que são vistos como referência no assunto. A partir da visão e da abordagem deles, é mais fácil que você entenda como deve ser a estrutura do seu artigo.

Se você encontrar algum site interessante casualmente, quando estiver fazendo pesquisa de referências para outro cliente, por exemplo, não se esqueça de arquivar para utilizar no futuro. Boas formas de se organizar podem ser utilizando a barra de favoritos do navegador, ou até mesmo fazendo um documento de “banco de referências” para deixar organizado por categorias, por exemplo.

Fique atento à data de publicação!

Para alguns segmentos, como o de tecnologia ou de carros, por exemplo, é comum que uma informação publicada há dois anos já esteja datada e ultrapassada. Por isso, na hora de pesquisar as referências, tenha o cuidado de conferir qual é a data de publicação, para evitar colocar informações antigas e desatualizadas nos seus textos.

Sendo assim, quando você receber a demanda de um artigo, não se esqueça de fazer a sua própria pesquisa de referências. Agora que você já sabe como garantir a qualidade destas referências, está preparado para escrever! Se tiver alguma dúvida, compartilhe com a gente!

redator-freelancer