como se tornar um redator freelancer

Como se tornar um redator freelancer!

Seja nas redes sociais, seja na mesa do bar entre amigos, você provavelmente já ouviu alguém dizer que é redator freelancer, ou redator web. Devido à popularidade crescente do marketing de conteúdo, essa modalidade de trabalho está cada vez mais comum.

Seja nas redes sociais, seja na mesa do bar entre amigos, você provavelmente já ouviu alguém dizer que é redator freelancer, ou redator web. Devido à popularidade crescente do marketing de conteúdo, essa modalidade de trabalho está cada vez mais comum.

Como os horários e tarefas de um freelancer são mais flexíveis, essa é até mesmo uma maneira de complementar a renda e garantir um dinheiro extra ao final do mês.

Mas como se tornar um redator freelancer? O que exatamente se faz nessa profissão? Nós temos as respostas para essas e outras perguntas! Veja:

O que é um redator freelancer/ghost writer?

Redator freelancer ou ghost writer é uma pessoa contratada especialmente para a elaboração de um texto, com pauta definida, público-alvo, adequação de linguagem, palavras-chave, referências e direcionamento textual.

Quanto mais organizada a empresa que contrata seus serviços, mais completo é o pitch (pauta do texto a ser escrito), com todas essas informações que eventualmente devem estar presentes no produto final.

O redator recebe por tarefa realizada e não precisa, necessariamente, aceitar todos os trabalhos que lhe são oferecidos. Quanto maior for sua identificação com os temas propostos e com a linguagem do texto, melhor a qualidade do trabalho final.

A quem pertencem os direitos autorais do texto?

Na relação entre redator freelancer e empresa que o contrata, independentemente da natureza dessa empresa, os direitos autorais do texto que você elabora pertencem exclusivamente à ela.

Ou seja, você vende também os direitos sobre a autoria do texto.

Assim, as publicações de posts, e-books e outros conteúdos textuais eventualmente elaborados podem ser publicados sob a autoria de quem te contratou, sem referências a você. E isso também impede que o texto seja reproduzido ou copiado sem autorização da empresa.

Onde seus textos serão utilizados?

Esses textos são utilizados nos mais variados locais, com diversos propósitos. Por exemplo, se você escreve um e-book sobre finanças pessoais e dicas sobre como organizar seu orçamento, esse material pode ser distribuído por uma empresa a seus clientes, como forma de atrair mais acessos e negócios para seu site.

O mesmo ocorre com as postagens em blogs institucionais, que normalmente buscam aumentar o número de acessos ao site da empresa e, eventualmente, transformar esses usuários em clientes.

Quais são os objetivos dos seus clientes?

O mais importante ao escrever um texto como redator freelancer é atender aos objetivos do cliente. De nada adianta um texto muito bem escrito se, ao final, você acaba fazendo uma crítica ao produto do cliente, ou se você recomenda que ele procure o concorrente.

Na verdade, seguir o pitch à risca é a melhor estratégia para que isso não aconteça. Tenha em mente que seu post é uma parte bem pequena de uma estratégia muito maior do cliente, que visa a gerar leads, educar o consumidor sobre seu produto, aumentar o número de acessos em suas páginas e conversões em vendas, entre outras coisas.

Por que se tornar um redator freelancer?

Existem diversas vantagens relacionadas ao trabalho como redator freelancer. A primeira delas é a comodidade, já que você pode escrever seus textos de casa, sem a necessidade de cumprir um horário fixo do outro lado da cidade todos os dias.

Flexibilidade também é outro importante aspecto, já que você escolhe os textos que quer escrever, na medida em que tem mais ou menos tempo para isso.

Se estiver com muito tempo livre no final de semana, por exemplo, você pode pegar várias tarefas de uma só vez. Assim, você garante aquela renda extra ao final do mês, ainda que não precise deixar seu trabalho fixo para isso.

O que você precisa saber para ser um redator freelancer

Sabe aquelas dicas que ninguém dá para quem está começando na profissão? Pois então! Nós separamos as informações mais essenciais que você precisa saber para se tornar um redator freelancer. Confira!

Crie um portfólio online

No mercado de freelancers, é bastante comum uma empresa ou um cliente pedir alguns textos que você escreveu antes de solicitar os seus serviços como redator.

Por meio desse material, eles avaliam a qualidade do trabalho, analisam o seu conhecimento em relação a forma de escrita na WEB e comparam se a linguagem que você utiliza está de acordo com a o projeto que eles têm em mente.

Portanto, é recomendável que você tenha um bom portfólio para impressionar o cliente. Opte pelo modelo online, pois esse tipo de formato mostra o poder da sua criatividade e as suas habilidades com ferramentas da web.

O seu portfólio não precisa ser uma grande obra de arte feita à mão, pois na internet há diversas ferramentas práticas e gratuitas para você apresentar o seu trabalho para os clientes.

Além de haver vários templates prontos e gratuitos na internet, dentro dos padrões atuais de um bom design, o que mais pode chamar atenção dos seus clientes é o seu conteúdo exposto em seu portfólio.

E se você não tem textos publicados, não se preocupe. Faça um blog e mostre o seu trabalho. Comece pela área que você mais domina.

Não importa se as suas preferências são esportes, medicina, tecnologia músicas ou novelas. Pratique e mostre o seu trabalho, antes que seja tarde demais.

Aumente o seu networking

Uma das melhores formas de se tornar um redator freelancer é ampliando a sua rede de contatos, afinal, quem não é aparece não é lembrado. Para conhecer novos profissionais e encontrar possíveis clientes você pode seguir alguns caminhos.

  • Participar de feiras e eventos da sua área;
  • Inscrever-se em cursos que possam otimizar o seu trabalho;
  • Cadastrar-se na Plataforma Rock Content.

A plataforma Rock Content pode fornecer jobs diários de redação em mais de cinquenta áreas do conhecimento.

Além disso, possui uma comunidade de freelancers fortíssima, cujos membros podem fazer contato direto com especialistas dentro da empresa e também entre si.

Para entrar nesse time de redatores, faça a sua candidatura nas áreas disponíveis. Certamente você encontrará uma área em que é especialista!

Estude!

Todo mundo sabe que um bom texto deve seguir as normas da gramática, ter coerência e coesão para impressionar o cliente e, especialmente o leitor de um blog.

No entanto, na internet a situação é um pouco diferente. Além dessas duas características, um artigo precisa ter escaneabilidade.

Então, como desenvolver essa técnica?

Praticando e estudando!

Aqui no Escreva para Web desenvolvemos um curso onde você aprenderá como desenvolver seus textos para o mundo online e como revisar o conteúdo com técnicas de copywriting!

Encontre demandas nos locais corretos

Para evitar problemas como pagamentos e alinhamento da estratégia, busque tarefas como freelas em empresas de confiança.

Antes de definir os termos do job, pergunte a colegas de profissão se eles já trabalharam com a pessoa que está lhe oferecendo trabalho. Isso é fundamental para trazer mais confiança tanto para você como para o cliente.

Seja persistente!

Para ter sucesso como um profissional freelancer é fundamental que você seja persistente. Como já destacamos nesse texto, o processo de escrita na internet é diferente.

Até você se adaptar a mudança pode levar um tempo. Mas, nada melhor que a prática para atingir a qualidade que as empresas e clientes procuram.

Não fique desanimado no primeiro “não” que você ouvir. Isso é absolutamente normal! Saiba lidar com feedbacks  para aperfeiçoar o seu trabalho e conquistar cada vez mais a confiança dos seus clientes, combinado?

O que um redator freelancer precisa saber para se destacar?

Agora que você já sabe como se tornar um redator freelancer, que tal descobrir algumas dicas para se destacar no mercado de trabalho? Veja abaixo as  orientações que separamos para você:

Como se pode perceber, é mais fácil do que se imagina exercer essa profissão. Independentemente da sua ocupação ou formação acadêmica, qualquer pessoa pode se tornar um redator freelancer.

Basta ter dedicação, disponibilidade para aprender e vontade de escrever! E você, já está pronto para ser um redator freelancer?