Copywriting - o guia mais que completo para entender de vez este conceito!

Copywriting: o guia mais que completo para entender de vez este conceito!

Você produz conteúdos de qualidade, investe tempo e dinheiro em seu blog e, mesmo assim, não está obtendo o retorno esperado. Você deve estar se perguntando: o que está acontecendo e onde estou errando?

Você produz conteúdos de qualidade, investe tempo e dinheiro em seu blog e, mesmo assim, não está obtendo o retorno esperado. Você deve estar se perguntando: o que está acontecendo e onde estou errando?

Para que a sua estratégia seja efetiva, é preciso adotar algumas técnicas infalíveis para converter seus leitores por meio dos seus textos. Uma forma de fazer isso é com o copywriting.

Quer aprender de uma vez por todas qual é o papel do profissional dessa área, entender o que deve ser feito para melhorar os resultados do seu blog e descobrir se você tem as habilidades necessárias para apostar nessa carreira? Então, este guia é para você!

Nele, abordaremos os seguintes tópicos:

  • O que é copywriting?
  • O que devo saber para trabalhar como copywriter?
  • Como fazer copywriting?
  • Copywriting x SEO
  • Como aprimorar os conhecimentos de escrita?
  • Dicas úteis para entender de vez o que é copywriting

Ficou curioso? Continue a leitura e confira com atenção as nossas dicas.

O que é copywriting?

O copywriting pode ser entendido como a produção de um conteúdo com o intuito de realizar vendas. Em outras palavras, por meio de posts, whitepapers, sites, banners, e-books, o copywriter produz um material educativo e persuasivo para um leitor, de modo que ele se sinta convencido de que aquele produto ou serviço é o mais adequado para ele.

Você deve pensar no copywriting como uma técnica de escrita que, de alguma forma, fará com que o leitor tome algum tipo de atitude, mesmo que no início não seja a compra de um item. Ele pode assinar a sua newsletter, baixar um e-book, ler um outro artigo do seu blog, etc. Tudo dependerá da estratégia traçada e dos objetivos que foram estabelecidos.

O que devo saber para trabalhar como copywriter?

Existem alguns pontos que devem receber a sua atenção quando você decidir se tornar um copywriter. Além das habilidades específicas necessárias, existem também alguns erros que devem ser evitados.

Quais habilidades devo dominar?

Persuasão

Steve Slaunwhite, umas das grandes referências na área, afirma que não tem nada mais eficaz para persuadir alguém do que ser verdadeiro. Portanto, uma das habilidades que você deve ter é a persuasão.

Dessa forma, você será capaz de escrever conteúdos que sejam capazes de convencer e encantar o seu público-alvo . Demonstre autoridade e domínio sobre a sua área de atuação.

Autoridade

Para se tornar uma autoridade em determinado assunto, é preciso investir em conteúdo de qualidade, que transmita novos conhecimentos a quem está lendo o texto e que seja verdadeiro — percebeu que persuasão e autoridade são habilidades que andam juntas?

Tenha cuidado com o que está falando e sempre cheque suas fontes. Mais cedo ou mais tarde, o seu público vai descobrir que você está compartilhando informações falsas e isso pode afetar drasticamente a sua imagem e credibilidade no mercado.

Criatividade

Um dos pontos-chave do trabalho como copywriter é ser criativo. Um profissional atualizado e em dia com as novidades do setor de atuação será capaz de produzir conteúdos mais interessantes e informativos.

Jamais copie conteúdo de outros blogs. Além de plágio ser crime, se alguns dos buscadores, como Google, descobrirem esse tipo de conduta, provavelmente o seu blog sofrerá punições seríssimas, podendo até mesmo perder posições nos resultados de pesquisa ou ser retirado.

Objetividade

Não fique dando voltas para passar uma informação. É realmente importante que você seja objetivo, claro e conciso. Isso não quer dizer, no entanto, que o seu material deva ser superficial.

A profundidade de um material vai depender do tamanho dele. Por exemplo, um texto de 500 palavras não terá a mesma complexidade de um e-book de 2.000.

Além disso, quando uma pessoa realmente entende sobre um assunto, pesquisando diferentes referências e pontos de vista sobre ele, consegue contemplar com qualidade quais são os tópicos mais relevantes para o leitor em um conteúdo.

Quais são os maiores erros?

Exagerar nos benefícios do produto ou serviço apresentado

É muito comum que ao escrever um texto sobre determinado produto ou serviço que o foco seja em apresentar todos os benefícios que ele proporcionará. No entanto, você, como copywriter, deve saber que essa não é uma prática adequada.

Mais do que falar sobre o produto, você deve mostrar como ele é capaz de mudar a vida da sua persona. Para tanto, você precisa educá-la, tirando todas as possíveis dúvidas e apresentar quais são os diferenciais que ele tem.

Não revisar o material

Crie o hábito de ler e reler o seu material antes de enviá-lo para o seu blog ou para o cliente. Se possível, escreva o texto com certa antecedência e dê um tempo após finalizá-lo para fazer a revisão. Isso a tornará mais atenta e crítica, já que teve um tempo para “desacostumar” do conteúdo.

Dessa forma, você identificará erros de digitação, de uso da vírgula ou de concordância que talvez poderiam passar despercebidos. Na dúvida, você pode contar com algumas ferramentas e aplicativos para auxiliá-lo na revisão.

Escrever de forma técnica

Se você acha que usar termos técnicos aumentará a sua credibilidade perante o público-alvo, está muito enganado. Pelo contrário, sempre que citar qualquer jargão, é imprescindível que você o explique, facilitando ao máximo o entendimento do seu leitor.

Não instigar o leitor

Um dos diferenciais do profissional de copywriting é que ele consegue instigar e conquistar o interesse do leitor. Portanto, invista em diferentes formas de deixar o seu texto atraente e que inspire quem o está lendo.

Como fazer copywriting?

Você já viu quais são as habilidades necessárias e os erros que devem ser evitados. Mas como fazer um copywriting eficaz? Selecionamos, abaixo, algumas dicas:

Use verbos de ação

Se o papel do copywriting é fazer com que o leitor tome uma ação preestabelecida, nada mais adequado do que usar verbos de ação em seu texto. Os verbos no imperativo, portanto, são os mais indicados nesses casos.

Essa tática pode ser adotada no título, subtítulos e principalmente no CTA. Por exemplo:

  • Título: Aprenda a calcular o ROI da sua empresa
  • Subtítulo: Estabeleça metas para o seu negócio
  • CTA: Assine a nossa newsletter e fique por dentro das dicas e novidades do mundo dos negócios!

Conheça o seu público-alvo

Para que a estratégia adotada em seu texto seja efetiva, você deve conhecer o seu público-alvo. O primeiro passo, no entanto, é definir a persona, ou seja, personagem fictício que representará o comprador ideal do negócio.

Imagine a situação, você está escrevendo um conteúdo voltado para mulheres acima dos 50 anos que querem emagrecer, quando, na verdade, o seu público-alvo são meninas adolescentes que buscam dicas de atividades físicas.

Saiba definir o tom do texto

Para definir o tom do seu texto, é preciso conhecer o público-alvo. Portanto, se usarmos o exemplo acima como base, perceberemos que o tom adotado seria diferente. Certamente, o texto para um público jovem deve ser mais descontraído do que para mulheres maduras.

Use números e dados

O uso de números contribui de maneira direta para atrair a atenção do leitor. Você vai perceber que “10 passos para emagrecer sem sofrimento” fará muito mais efeito do que “O que fazer para emagrecer”, pois já promete ao leitor um número certo de soluções que são garantidas.

Já se a sua intenção é comprovar o que você está afirmando e embasar o seu texto, não hesite em usar dados e pesquisas. No entanto, não use jamais “Especialistas afirmam que…” se você não linkar uma pesquisa neste trecho do texto. Isso pode levar o leitor a achar que esse dado foi inventado.

Estabeleça uma conexão com o leitor

Crie a sensação no leitor de que você está conversando com ele, apresentando uma solução que foi desenvolvida especialmente para os problemas que ele tem. Essa conexão com o leitor o conecta com o seu blog e o faz ter a vontade de sempre acessar os seus conteúdos.

Como otimizar os conteúdos?

Para alcançar bons resultados em seu trabalho, o profissional de copywriting precisa escrever conteúdos que sejam relevantes para o público-alvo e também otimizados para os motores de busca, como Google, Bing e Yahoo!.

Para tanto, alguns pontos são essenciais para o seu texto:

Como aprimorar os conhecimentos de escrita?

Não adianta: se você não for um exímio escritor, conhecer bem a língua portuguesa e saber quais são as especificidades de um texto web, provavelmente a sua carreira de copywriter não vai durar por muito tempo.

Erros de português (ou até de digitação) e frases sem sentido são apenas alguns dos problemas inaceitáveis em um texto.

Porém, se você escreve bem, mas precisa aprimorar alguns pontos, existem algumas dicas que podem ajudá-lo, como definir um esqueleto para o texto, seguir as orientações do briefing, pesquisar outras referências, revisar o conteúdo com atenção, etc.

Dicas úteis para entender de vez o que é copywriting

Dicas de livros

The Invisible Selling Machine – Ryan Deiss

Este livro é um dos mais indicados para quem quer dominar todas as estratégias de convencimento e encantamento. Ao longo de sua obra, Ryan Deiss instrui o leitor sobre o uso adequado do funil de vendas durante todo o percurso de um consumidor até que ele se decida por fechar negócio.

Gabay’s Copywriting Compendium – Jonathan Gabay

Este livro se propõe a ser um material de consulta constante para o leitor, pois fornece exemplos práticos de conteúdos ricos e que podem servir de inspiração aos copywriters.

The Boron Letters – Gary Halbert

Gary Halbert é um dos mais renomados profissionais de copywriting. O seu livro é em formato de cartas e relata o tempo em que ele passou na prisão. Nelas, ele divide com o filho de maneira única seus conhecimentos sobre marketing.

The Robert Collier letter book – Robert Collier

Você já sabe que ser persuasivo e convincente são características indispensáveis para um copywriter ou redator de sucesso. No entanto, se você ainda não sabe escrever conteúdos que sejam relevantes e irresistíveis para o seu leitor, a leitura deste livro é mais do que indicada.

Robert Collier esclarece quais são as principais técnicas que devem ser adotadas para se tornar um especialista em marketing e vendas igual a ele.

Sobre a escrita – Stephen King

O livro sobre a escrita de Stephen King não é especificamente sobre copywriting, mas se você tem intenção de aprimorar as suas habilidades de escrita, esta é uma das obras mais indicadas. Neste livro, o autor compartilha algumas dicas sobre o seu processo criativo, técnicas de escrita, etc.

Dica de série

Mad Men

Nós já comentamos aqui no blog que a série Mad Men nos deixou muitos ensinamentos sobre copywriting. Dentre eles, é possível aprender a importância de pesquisar a fundo o assunto do texto, conhecer quem é o público-alvo, prezar pela qualidade do conteúdo e dedicar um tempo adequado para a escrita.

Aliás, se você ainda não começou a ver essa série, não sabe o que está perdendo!

Dicas de blogs

ABC Copywriting

Este blog é um dos mais completos para quem tem a vontade de sanar todas as dúvidas sobre copywriting e estar em contato com dicas práticas e úteis. Nele, você perceberá como cada palavra é capaz de fazer diferença em seu texto.

Escola Freelancer

Empreendedorismo, Marketing, Comunicação e Gestão são apenas alguns dos temas abordados neste blog. Ele foi criado pelo jornalista Luciano Larossa, em 2011, que compartilha também dicas de como escrever mais rápido e com mais qualidade.

Viver de Blog

Provavelmente, se você atua há algum tempo como redator, já visitou ou ouviu falar nesse blog. Além do fundador, Henrique Carvalho, outros especialistas dividem conhecimentos sobre a produção de conteúdo de qualidade e que é capaz de converter leads. As dicas são realmente incríveis e proveitosas.

Marketing de Conteúdo

Quer tirar todas as suas dúvidas sobre Marketing Digital e Marketing de Conteúdo? Então, este é o blog certo para você.

Considerado um dos mais renomados no assunto, nele você vai aprender a otimizar o seu blog por meio das estratégias de SEO como também vai entender a usar o storytelling no marketing de conteúdo.

CopyBlogger

Este blog esclarecerá, por meio de webinars, post e e-books, questões sobre direito autoral e como ganhar reconhecimento como redator freelancer.

Dicas de cursos online

Certificado em Inbound Marketing – Hubspot

Quer aprender técnicas para atrair as pessoas de maneira inteligente? O Certificado em Inbound Marketing da Hubspot pode ajudá-lo. Por meio desse curso, você conhecerá estratégias de vendas, dicas para otimizar o seu site, orientações sobre o inbound marketing, etc.

Curso de Produção de Conteúdo – Rock Content

O curso elaborado pela Rock Content tem como foco a produção de conteúdo online e visa auxiliá-lo a aprender técnicas essenciais para o Marketing de Conteúdo.

Para conseguir a certificação, você pode estudar por meio de videoaulas ou do Guia de Produção de Conteúdo para Web.

Dentre os tópicos abordados neste curso, estão: Persona, SEO, Funil de Vendas, Revisão de conteúdo, Planejamento estratégico, Redação de textos, etc.

Coursera

Quer ter acesso a conteúdos de qualidade e produzidos pelas melhores Universidades e empresas do mercado, e sem sair de casa? Então, isso será feito por meio do Coursera! De tempos em tempos são disponibilizados novos cursos, basta ficar de olho ou assinar a newsletter para receber as novidades!

Udemy

Os cursos da Udemy não são gratuitos, mas compensam o investimento. Nessa plataforma, estão disponíveis diversos temas de cursos, desde aprender técnicas de fotografia até os movimentos de yoga — e os voltados para copywriting não ficam de fora. Vale a pena conferir os que estão disponíveis e ver qual se encaixa melhor nas suas necessidades.

Agora que você conhece a fundo o que é copywriting e tirou todas as suas dúvidas sobre o assunto, se sente preparado para se tornar um copywriter de sucesso? Não perca mais tempo!