Guia básico de criação de conteúdo para redes sociais

Tempo de leitura: 6 minutos

Facebook, Instagram, LinkedIn, Twitter… Citamos apenas algumas das redes sociais mais populares do momento. E, com tantas opções, fica difícil garantir um bom conteúdo em todas as plataformas. Você sabe, por exemplo, como “se portar” nesses sites? É capaz de dizer quais são os tamanhos ideais para os textos e para as imagens?

Caso você não saiba a resposta para essas perguntas, não precisa se desesperar, pois preparamos um guia de criação de conteúdo para redes sociais. Confira:

A produção do conteúdo

Defina os seus objetivos

A primeira dica é a mais importante: cada conteúdo deve fazer parte de uma estratégia, isto é, deve ser executada de acordo com objetivos previamente estabelecidos. Antes de começar a usar as redes sociais, você deve definir metas, como:

  • aumentar a visibilidade da sua marca;
  • melhorar a imagem do seu negócio;
  • aprimorar o relacionamento com o seu público.

Se você souber aonde quer chegar ao criar conteúdo para as redes sociais, também vai saber quais são as ações mais eficazes para alcançar resultados.

Conheça o seu público

Além de traçar objetivos, é essencial conhecer o seu público e criar personas (representações semi-fictícias dos seus clientes ideais). Dessa forma, você garante que todos os seus conteúdos estejam de acordo com o interesse dos seus seguidores.

Além disso, ao imaginar com quem está falando, você desenvolve a melhor maneira para se comunicar com as pessoas. Afinal de contas, você não vai criar postagens idênticas para empresários e para adolescentes ainda no ensino médio, não é mesmo? Cada grupo de pessoas se identifica com uma linguagem.

Crie conteúdos específicos

Você posta o mesmo conteúdo, da mesma maneira, em todas as redes sociais? Então pare de fazer isso agora mesmo! Replicar os mesmos textos e imagens em plataformas diferentes não é uma boa prática, e já vamos te explicar o porquê.

Cada rede social tem seu formato de conteúdo, e publicar materiais únicos em plataformas distintas é uma garantia de que você vai dialogar da melhor maneira possível com os seus seguidores. Isso sem falar que, ao variar a mensagem, as chances de as pessoas se entediarem e cancelarem a assinatura do seu feed são bem menores.

Veja, a seguir, uma relação dos formatos de conteúdo mais adequados para cada rede social:

  • Facebook: vídeos;
  • Instagram: imagens e vídeos;
  • LinkedIn: links e artigos;
  • Twitter: imagens e vídeos.

Desenvolva uma identidade

Produzir diversos tipos de conteúdo não significa, no entanto, fazer o que você bem entender, do jeito que bem quiser. É importante garantir uma homogeneidade dos seus materiais para que os usuários identifiquem a sua marca de cara.

A dica é criar um manual de identidade que identifique como sua marca vai:

  • cumprimentar as pessoas;
  • responder dúvidas;
  • escrever palavras;
  • e se despedir.

Exemplo

A operadora de cartões de crédito Nubank sempre usa a cor da marca, o roxo, para reforçar sua identidade visual. Além disso, suas páginas contam com textos com uma linguagem leve e despojada.

Seja humano

Quando for responder uma mensagem ou um comentário, não soe como um robô. Em vez disso, haja como um ser humano educado e mostre que você está ali para ajudar a pessoa a resolver os seus problemas. Esse tipo de interação vai fazer com que a sua página seja bem vista pela audiência.

Exemplo

A gigante do varejo Magazine Luiza criou um avatar, a Lu, para marcar presença em todos os canais de contato da marca e para dar o tom das mensagens que são transmitidas.

Preste atenção no que está acontecendo

Vale a pena ficar ligado no que está acontecendo para comentar algum acontecimento ou meme (por que não?) que está fazendo sucesso entre o seu público. Acredite, essa é uma ótima maneira de aumentar o engajamento com as pessoas.

Mas tome cuidado, porque você pode pisar na bola ao fazer um comentário que não vai agradar a sua audiência. Uma dica? Na dúvida, use e abuse do bom senso e evite assuntos extremamente polêmicos.

Exemplo

A Netflix usou o meme do John Travolta confuso para brincar com os seus clientes que se perdem em meio ao catálogo de filmes e séries do serviço. Uma ótima sacada, não é verdade?

O tamanho das postagens

Algumas redes sociais têm limites de caracteres para que o texto das postagens fiquem completamente visível, sem a necessidade de clicar no botão “leia mais”. São elas:

Facebook

Textos com no máximo 80 caracteres têm uma média de 66% mais opções “curtir”. Além disso, mensagens desse tamanho geram mais comentários do que publicações grandes.

Twitter

Os tuítes de até 100 caracteres têm 17% mais retuítes e respostas do que as mensagens maiores.

O tamanho das imagens

Saber quais são os tamanhos de imagens corretos para cada rede social é muito valioso. Afinal, ao publicar nas suas redes sociais com as resoluções certas, a identidade visual será muito mais valorizada e não haverá risco de ver o número de likes ou retweets diminuir por causa de uma figura distorcida.

Facebook

Imagem de perfil em desktops

  • Original: 180 × 180 pixels (tamanho mínimo)
  • Exibição: 160 × 160 pixels

Imagem de perfil em dispositivos móveis

  • Tablets: 160 × 160 pixels
  • Smartphones: 140 × 140 pixels

Imagem de capa

  • Perfil pessoal: 852 × 315 pixels
  • Fanpage: 828 × 315 pixels

Vídeo

  • Miniatura grande: 319 × 176 pixels
  • Miniatura pequena: 157 × 87 pixels
  • Recomendado: 504 × 283 pixels (tamanho mínimo)

Imagem na linha do tempo

Recomendado: 1.200 × 630 pixels

Link na linha do tempo

  • Mínimo: 600 × 315 pixels
  • Recomendado: 1.200 × 630 pixels

Imagem no feed

  • Mínimo: 600 × 315 pixels
  • Recomendado: 1.200 × 630 pixels

Link no feed

  • Mínimo: 600 × 315 pixels
  • Recomendado: 1.200 × 630 pixels

Instagram

Imagem de perfil

  • Exibição: 28 × 28 pixels
  • Recomendado: 100 × 110 pixels (tamanho mínimo)

Imagem no feed

  • Exibição: 600 × 600 pixels
  • Recomendado: 1.080 × 1.080 pixels

LinkedIn

Logo

  • Exibição: 100 × 60 pixels (tamanho mínimo)
  • Recomendado: 110 × 110 pixels

Logo quadrada

  • Exibição: 60 × 60 pixels
  • Mínimo: 50 × 50 pixels
  • Recomendado: 60 × 60 pixels

Imagem de banner de empresa

  • Exibição: 646 × 220 pixels (tamanho mínimo)
  • Recomendado: 646 × 220 pixels

Imagem de banner de showcase

  • Exibição: 974 × 330 pixels (tamanho mínimo)
  • Recomendado: 974 × 330 pixels

Imagem de perfil pessoal gratuito

  • Exibição: 200 × 200 pixels (tamanho mínimo)
  • Recomendado: 200 × 200 pixels

Imagem de perfil pessoal premium

  • Exibição: 240 × 240 pixels (tamanho mínimo)
  • Recomendado: 240 × 240 pixels

Imagem de background premium

  • Exibição: 4.000 × 4.000 pixels
  • Mínimo: 404 pixels de altura
  • Recomendado: 1.400 × 404 pixels

Twitter

Imagem de perfil

  • Exibição: 200 × 200 pixels (tamanho mínimo)
  • Recomendado: 400 × 400 pixels

Imagem de capa

  • 1.500 × 500 pixels
  • Exibição: responsiva

Imagem no feed

  • Exibição: 506 × 506 pixels
  • Mínimo: 506 pixels de largura
  • Recomendado: 1.024 × 512 pixels

Vídeo no feed

  • Exibição: 480 × 360 pixels
  • Mínimo: 1.920 × 1.200 pixels

Você gostou deste guia de criação de conteúdo para redes sociais? Então deixe um comentário e compartilhe com a gente a sua opinião!

Artigos relacionados

Sobre Luís Cunha

Eu sou analista de qualidade de conteúdo na Rock Content e, nas horas vagas, faço uma ronda na web atrás de iniciativas bacanas e descobertas musicais (por acaso, você tem algo legal pra indicar?)