Como desenvolver uma escrita convincente?

Tempo de leitura: 6 minutos

Um dos maiores desafios para quem atua como redator web é justamente produzir textos mais convincentes. Por mais que você domine toda a gramática, a elaboração de introduções instigantes e CTAs criativos, nem sempre isso se traduz em efetivo poder de persuasão em seus textos. E convencimento do leitor é parte crucial do copywriting.

Mas como desenvolver uma escrita convincente em seu dia a dia? Pensando nesse dilema, preparamos 10 dicas infalíveis para te ajudar nessa tarefa. Confira:

1. Levante problemas comuns

O primeiro passo para convencer seu leitor é se aproximar dele. Basicamente, é preciso que ele se identifique com o conteúdo, para que então possa ser conduzido até a conclusão a que você pretende direcioná-lo. Como fazer isso na prática?

A resposta é: por meio de uma introdução que evidencie problemas comuns, que sua persona provavelmente vive no dia a dia. Se você perceber, este post começa a ser escrito, logo na primeira frase, com um dilema que muitos redatores vivem: a necessidade de produzir textos mais convincentes e persuasivos. Você se sente assim às vezes?

Em caso positivo, talvez tenha sido esse o principal motivo pelo qual você continuou a leitura. Procure fazer isso também em seus textos, independentemente do tipo de conteúdo tratado.

2. Evidencie a relação entre causa e consequência

Muitos dos problemas levantados têm consequências importantes para a vida do leitor. Em um texto sobre finanças pessoais, por exemplo, é imprescindível ressaltar que o descontrole nos gastos pessoais pode impedir a persona de atingir seus objetivos financeiros.

Por outro lado, em um texto sobre saúde e bem-estar, é possível traçar uma relação natural entre a prática regular de exercícios físicos e uma saúde melhor.

Evidenciar essas relações de causa em consequência, sejam elas positivas ou negativas, ajuda o leitor a racionalizar o tema sobre o qual você está tratando no texto. É uma lógica que resulta em mais entendimento por parte da persona e, consequentemente, maior poder de convencimento a seu texto.

3. Evite a manipulação: utilize fatos

Já falamos em outro post sobre a importância do poder de persuasão na escrita de textos para a web. Um dos principais conselhos que alguém pode dar sobre esta temática é evitar qualquer tipo de manipulação dos fatos. Isso pode ter consequências irreversíveis para a relação entre leitor e texto.

Se você não utilizar fatos reais e informações verdadeiras, provavelmente seu leitor não terá mais confiança em textos futuros, dificultando até mesmo o trabalho de se redimir perante esses usuários online.

Em vez disso, demonstre para o leitor que você sabe sobre o que está falando: pesquise, utilize o vocabulário mais apropriado e cite (e inclua links para) fontes seguras.

4. Construa frases mais curtas e objetivas

A linguagem web funciona de forma diferente de textos acadêmicos e literários. Na estruturação de posts para a internet, o ideal é que as frases e os parágrafos sejam mais curtos e objetivos, sem estruturas gramaticais muito rebuscadas. Isso facilita a leitura do texto e aproxima a persona daquilo que realmente importa: o conteúdo.

Afinal, você não quer que seu leitor passe horas tentando decifrar seu texto, em vez de simplesmente aproveitá-lo, não é mesmo?

5. Tenha uma ideia como o fio da meada de seu texto

Quanto mais específico for o pitch do seu texto, melhor. Isso se dá porque cada texto deve ter uma ideia central, um fio condutor que leve o leitor da introdução ao CTA, de forma coerente e crível.

Textos confusos, que tentam relacionar uma gama infinita de argumentos e opiniões em um mesmo lugar, acabam espantando leitores e aumentando a taxa de rejeição dos blogs.

6. Saiba que detalhes técnicos também importam

Muitos textos são escritos para públicos especializados, que sabem bem sobre o que você está falando. Nesse contexto, fica fácil perder a confiança do leitor por meio de detalhes: uma palavra que você utiliza errado, um dado questionável, uma informação desatualizada, entre outros deslizes.

Para escrever textos mais convincentes, não negligencie esses aspectos. Preste atenção especial aos detalhes, porque são eles que fazem a diferença na hora de conquistar leitores de maior entendimento.

7. Utilize histórias que traçam paralelos importantes

Muitas vezes, conceitos simples deixam de ser compreendidos por falta de maneiras mais sensíveis de explicá-las. É preciso considerar a formação de sua persona, seus desejos, dúvidas e objetivos, para então encontrar formas melhores de apresentar conceitos e argumentos.

Uma das formas mais eficazes de fazer isso é o storytelling, ou a utilização de narrativas que elucidam suas ideias. Procure colocar isso em prática em seu próximo texto!

8. Elabore uma escrita convincente por meio de exemplificações

Além de histórias que elucidam suas ideias, você também pode ilustrá-las por meio de exemplos concretos, que seu leitor compreende e conhece. Por exemplo, você levantou em um texto que as mudanças políticas no Brasil em 2016 vão ter diversas consequências para a economia em 2017. Quais consequências são essas? Por que não citar ao menos três delas, para satisfazer a curiosidade de seu leitor?

9. Refute objeções, uma a uma

Leitores, alunos, ou qualquer pessoa que esteja em busca de informações, têm a mania de levantar, automaticamente, alguns contra-argumentos que colocam os dados em xeque. Nós aprendemos isso desde pequenos, já na metodologia científica: se uma ideia resiste a todas essas objeções, então provavelmente é verdade!

Com textos na web, funciona da mesma forma. Você deve antecipar algumas das objeções que o leitor provavelmente irá criar em relação a seu texto e, desde já, refutá-las. Isso faz parte de sua técnica argumentativa!

10. Crie CTAs mais persuasivos

É muito fácil e cômodo cair na rotina e escrever sempre as mesmas conclusões e os mesmos CTAs. No entanto, essa é uma parte do texto que não deve ser negligenciada se você realmente deseja arrematar suas ideias e fechar com chave de ouro um texto.

Invista algum tempo na elaboração de CTAs mais dinâmicos e que efetivamente engajem seus leitores e convertam. Afinal, essa é a última oportunidade que você tem, naquele texto, de efetivamente cativar seu leitor.

Curtiu nossas sugestões? Com essas dicas em mãos, fica mais fácil desenvolver uma escrita convincente e seduzir seus leitores. Que tal assinar também a newsletter do Escreva para Web e continuar a receber posts como este? Participe!

 

Artigos relacionados

Sobre Redator Rock Content

Este artigo foi produzido por um dos mais de 12.000 redatores da base da Rock Content. Quer produzir conteúdo legal assim no seu blog? Cadastre-se agora mesmo!