As 7 melhores dicas para você entrar no mercado de freelance online!

Tempo de leitura: 8 minutos

A vida de produtor de conteúdo freelancer é o sonho de muitos. Ter liberdade para fazer seus horários e ser seu próprio chefe são ganhos que realmente não têm preço.

Mas começar a vida de freela pode não ser das tarefas mais fáceis, o que acaba assustando quem sonha em se aventurar por esse caminho.

Conseguir os primeiros clientes e ter foco para manter a produtividade alta, mesmo trabalhando dentro de casa, são alguns dos obstáculos que, se não cuidados, podem significar o fim da sua carreira antes mesmo dela começar.

Mas não se preocupe! A gente aqui do Escreva para o web existe justamente para te dar dicas sobre a vida de freelas e te ensinar com os erros cometidos por outros freelancers para que você faça diferente e garanta seu sucesso.

É por isso que hoje separamos algumas dicas que você precisa saber antes de se jogar nessa empreitada que se chama freelance online! Vamos lá?

1. Antes de tudo, se qualifique

Qualificação é essencial em qualquer trabalho. Não é porque você será seu próprio chefe agora que não precisa investir em certificações e conhecimentos para conseguir trabalhos.

Muito pelo contrário, conhecer bem o mercado em que você vai atuar e as principais exigências dele é primordial.

Muitos freelancers cometem o erro de entrar para o mercado de freelas online às cegas, sem se preparar antes.

O que acontece é que, quando conseguem um trabalho, eles acabam não entregando aquilo que era esperado e, com isso, fecham algumas — importantes! — portas.

Por isso, leia muito e procure tirar uma certificação profissional antes de sair por aí procurando trabalhos. Isso não só vai deixar mais fácil encontrá-los, como também irá te deixar mais confiante para fazer um trabalho de qualidade.

Aqui no Escreva para o web, por exemplo, você pode fazer nosso curso de produção de conteúdo gratuitamente e aprender tudo que precisa para escrever textos matadores e planejar as melhores pautas.

2. Encontre aquilo que você sabe fazer de melhor

Um dos erros mais cometidos por freelancers iniciantes é sair pegando tudo quanto é trabalho. Com o tempo, você acaba percebendo que não é bem assim.

Algumas pessoas são melhores para escrever do que para planejar; outras são ótimas designers etc, cada pessoa possui uma vocação diferente.

Claro que é essencial fazer aquilo que você gosta, mas tão importante quanto isso é entender qual é a sua especialidade. Nesse meio, as oportunidades são melhores para quem é expert em algum assunto, portanto foque naquilo que sabe fazer de melhor.

3. Bote a cara na web para conseguir trabalhos

A internet facilitou muito a vida de um freela. Se antes, para conseguir trabalhos, você precisava ter contatos no mercado que desejava trabalhar, hoje alguns sites e plataformas existem para conectar clientes e freelancers e tornar sua vida muito mais tranquila.

Funciona da seguinte maneira: a plataforma possui uma base de clientes que solicitam suas demandas de conteúdo por meio dela. A própria plataforma já prepara o briefing e lança a tarefa para os freelancers que estiverem na sua base de cadastros.

As tarefas são enviadas por áreas de interesse, ou seja, quando fizer seu cadastro, você deve se candidatar àquelas áreas que mais gosta e quer trabalhar.

O prazo de produção varia de acordo com o tipo e tamanho do conteúdo, e você poderá receber o pagamento assim que o cliente aprovar o texto.

4. Foque na sua produtividade e tenha metas

Não ter horários fixos é realmente ótimo, mas se você não cuidar da sua produtividade pode acabar tendo rendimentos bem aquém do esperado.

Uma boa ideia é procurar um espaço de coworking na sua cidade para trabalhar, afinal, em um ambiente profissional, com certeza você irá conseguir render mais do que em casa.

Mas nem todos tem a possibilidade de recorrer a um coworking, principalmente quando estão começando, por isso seguir algumas dicas pode fazer a diferença para conseguir produzir mais dentro de casa. Veja só:

  • Tenha metas: há quem realmente prefira ter horários predeterminados para trabalhar, mesmo sendo um freela. Porém, uma boa dica, se este não for o seu caso, é trabalhar com metas. Por exemplo, você pode determinar que fará tantas tarefas por dia, independente do horário, podendo escolher aqueles momentos em que se sinta mais produtivo;
  • Elimine distrações: o grande vilão do trabalho em casa são as distrações. São muitas que o freelancer deve enfrentar para se tornar um herói e conseguir produzir com excelência. Além da internet e das redes sociais, a possibilidade de dar uma deitada ou de assistir uma TV é uma tentação constante que deve ser evitada. Procure ter um espaço de trabalho dentro de casa, de preferência longe de distrações e com pouco barulho, onde sua concentração possa ser maior;
  • Controle a agenda: um freelancer pode não trabalhar com horários, mas tem a responsabilidade de cumprir entregas. Quando você aceita um trabalho, está também aceitando o prazo combinado com o cliente, por isso é importante ter uma agenda para controlar suas entregas e não atrasar nada! Existem alguns apps que podem te ajudar nessa tarefa ou, se preferir, pode sempre recorrer à famigerada agenda de papel. O importante é ter um controle para que as tarefas não se embolem e você acabe perdendo o fio da meada;
  • Utilize aplicativos: a tecnologia está aí para facilitar a nossa vida! Ela não só trouxe oportunidades de achar clientes melhores, como também aplicativos que tornam a vida do freelancer mais organizada. Além do gerenciamento de tarefas, você pode controlar seu tempo de trabalho e saber quantas horas está produzindo por dia, para entender se algum aspecto da sua rotina pode ser ajustado e fazer seu trabalho render mais.

5. Faça um planejamento financeiro e acompanhe de perto

É possível pagar as contas sendo freelancer profissional, se este for o seu sonho. Porém, se você não fizer um bom planejamento financeiro, poderá nem ver o dinheiro entrando na sua conta.

O tanto que você irá receber é igual ao tanto que você trabalhou. Por isso, a disciplina é tão importante nesse trabalho.

Ok, você pode fazer seus horários, isso é ótimo! Mas tem que ter em mente que, se quiser tirar uma manhã de folga, isso também significa que você não irá receber nada por aquele período.

O planejamento financeiro é parada obrigatória para qualquer freelancer, principalmente aqueles que estão começando.

Aqui no Escreva para a web a gente desenvolveu uma planilha para te ajudar a controlar suas tarefas e o tanto que está recebendo por elas. Mas, seja qual for o método que você escolher, fato é que você precisa controlar isso de alguma forma.

É importante lembrar também que trabalho entregue não significa trabalho pago na hora. Existem diversas estruturas ao redor dos seus trabalhos e você só receberá o dinheiro depois que o cliente tiver feito a aprovação.

Esse tempo pode variar, dependendo de cada cliente, por isso planeje-se e fique atento ao processo de pagamento!

Planilha de Controle Financeiro para Freelancers

6. Pesquise, revise e não tenha pressa

Se você aceitar uma tarefa, pesquise! Um erro muito comum de freelancers iniciantes é não ler o briefing com calma e deixar de pesquisar tanto sobre o cliente, quanto sobre o tema que será desenvolvido. Afinal, não existe bom conteúdo sem uma boa pesquisa.

Se você utilizar uma plataforma de conteúdo, no briefing você já encontrará todas as informações sobre o cliente, além de links para o site dele e suas mídias sociais, e uma descrição de quem é a buyer persona, ou seja, o perfil da pessoa para quem o conteúdo é destinado.

É essencial ler tudo antes de começar a desenvolver, para que o trabalho fique realmente alinhado com aquilo que o briefing pede.

Briefings de tarefas geralmente contêm links de referências sobre o tema, mas se sinta livre para ir além e fazer uma pesquisa própria! Só lembrando sempre de ter o cuidado de buscar fontes confiáveis (Wikipédia nem sempre é uma delas).

Outro ponto importante é a revisão. É comum cometermos erros sem enxergar na hora de escrever um texto ou produzir uma pauta.

Por isso, releia o trabalho com cuidado antes de enviá-lo para aprovação. Procure por erros de digitação e de ortografia. Você não irá querer passar uma imagem de um profissional desleixado para o cliente logo de cara, não é mesmo?

7. Mantenha-se sempre atualizado

Por último, leia muito e busque se manter sempre atualizado! Com novas tecnologias sendo lançadas a todo momento, o mercado tem mudado muito de ano para ano.

Por isso, fique atento às novas tendências e continue estudando sobre as melhores práticas no mundo de freelance online.

Aqui no Escreva para a web, por exemplo, você irá encontrar tudo que precisa saber sobre o trabalho de freelas de produção de conteúdo, desde dicas para produzir até materiais ricos que facilitam sua rotina.

Curta nossa página do Facebook e fique por dentro de todos os nossos posts!

Artigos relacionados

Sobre Redator Rock Content

Este artigo foi produzido por um dos mais de 12.000 redatores da base da Rock Content. Quer produzir conteúdo legal assim no seu blog? Cadastre-se agora mesmo!