leitura dinâmica

[Guest post] Saiba como fazer uma boa leitura dinâmica!

Para quem trabalha como freelancer, especialmente os produtores de conteúdo web, a leitura é uma atividade primordial. E a leitura dinâmica é uma técnica que permite aproveitar ainda melhor o tempo que você tem disponível para essa atividade.

Para quem trabalha como freelancer, especialmente os produtores de conteúdo web, a leitura é uma atividade primordial. E a leitura dinâmica é uma técnica que permite aproveitar ainda melhor o tempo que você tem disponível para essa atividade.

É por meio da leitura que você aprofunda seus conhecimentos para argumentar com mais força e, ainda, mantém seu repertório de assuntos relevante e atualizado.

Infelizmente, nem sempre é possível dedicar o tempo necessário para fazer uma leitura completa de um artigo ou um livro. Nesta situação, a leitura dinâmica vai permitir que você extraia as informações mais importantes rapidamente.

Ficou interessado? Então, confira esse passo a passo e aprenda a fazer uma boa leitura dinâmica!

1. Treine seus olhos para dar saltos maiores

Você sabe como funciona o movimento dos seus olhos durante a leitura? Basicamente, é um movimento de saltos. Seus olhos fixam em um ponto da linha e depois saltam para o próximo ponto.

Quanto maior é este salto, mais proficiente é sua leitura. Leitores iniciantes, como crianças, saltam apenas uma palavra de cada vez. Por isso, elas demoram mais para terminar cada linha.

Por isso, o primeiro passa da leitura dinâmica é treinar o movimento dos olhos para que seja mais amplo.

Uma boa dica é conferir este vídeo de treinamento para movimento ocular. Basta tentar acompanhar a bolinha que aparece na tela, isso simula o salto que seu olhar precisa fazer em uma linha de um texto.

2. Siga sempre em frente

O segundo passo consiste em controlar aquela ansiedade, aquele senso de obrigação para entender 100% do texto. Nós vamos retomar isso mais à frente, mas saiba que 80% de compreensão é uma meta excelente.

Em outras palavras, você não precisa retornar ao começo da página toda vez que não entender uma linha, afinal a releitura pode tomar muito tempo, justamente o que estamos tentando evitar.

Além disso, você pode entender perfeitamente a ideia geral de um texto, mesmo que alguns trechos fiquem mais confusos.

Depois de terminar toda a leitura, você pode retomar somente as partes em que restaram dúvidas. Mas, se você parar e voltar para trás constantemente, nunca vai terminar de ler.

Outra dica importante é não parar a leitura para consultar o dicionário. Se estiver muito curioso sobre o significado de uma palavra, anote-a para buscar depois. Porém, não abandone o texto para folhear o dicionário; quando voltar, você vai levar ainda mais tempo para retomar o ritmo da leitura.

3. Pare de pronunciar as palavras

O terceiro passo é eliminar uma prática negativa que é hábito de muitas pessoas: pronunciar as palavras enquanto leem, seja em voz alta ou mentalmente.

Esse hábito impede o desenvolvimento de uma leitura dinâmica, pois significa que você irá, literalmente, ler palavra por palavra.

Sua velocidade diminui e, por incrível que pareça, sua capacidade de compreensão também. Como o cérebro estará ocupado com a pronúncia, você não vai conseguir se concentrar na interpretação do que está lendo. O resultado é que você terá que reler o mesmo trecho várias vezes.

Se você estiver muito acostumado a pronunciar enquanto lê, perder este hábito pode ser um processo difícil e demorado. Uma dica interessante é colocar um lápis na boca enquanto lê.

4. Use a técnica de skimming

O quarto passo é o “skimming”. Esta é uma técnica muito conhecida para o inglês Instrumental, mas é útil também para uma leitura dinâmica em qualquer idioma.

Skimming consiste, basicamente, em passar os olhos rapidamente por um texto, a fim de extrair informações básicas – índice, título, autor, data de publicação, o assunto principal, os subtópicos desenvolvidos, os gráficos e imagens.

Essa técnica é útil para que você possa avaliar rapidamente qualquer texto e, então, definir se vale a pena dedicar mais tempo a uma leitura completa.

Caso você esteja pesquisando sobre um assunto específico, por exemplo, o skimming permitirá identificar se um determinado artigo ou livro tem informações relevantes sobre o tema.

5. Use a técnica de scanning

O quinto passo, “scanning”, é outra técnica usada no Inglês Instrumental. Ela consiste, basicamente, em correr os olhos pelo texto para identificar palavras-chave — termos relevantes, relacionados à informação que você quer extrair daquele conteúdo.

Vamos supor que você esteja lendo um artigo de 20 páginas sobre Gestão de Pessoas, mas o assunto que realmente interessa a você é Produtividade.

Nesse caso, não é preciso ler todas as vinte páginas – que, certamente, vão falar sobre vários outros assuntos que não são importantes para você neste momento.

Em vez disso, basta folhear o artigo em busca de termos relacionados diretamente a produtividade, como “tempo”, “organização”, “concentração”, entre outros.

Quando encontrar um desses termos, você só precisa ler aquele trecho. Assim, você obtém rapidamente as informações que são do seu interesse e “pula” o restante.

6. Monitore seu desempenho

Depois de incorporar o que você aprendeu nos cinco primeiros passos, a evolução da sua leitura dinâmica vai depender de muita prática. Mas, para saber se está funcionando, é preciso acompanhar os seus progressos.

Portanto, o sexto passo é pegar um cronômetro e monitorar quantas palavras você lê por minuto. Como referência, tenha em mente que um leitor comum lê, em média, 150 palavras por minuto. Enquanto isso, um bom praticante da leitura dinâmica pode ler 800 palavras por minuto.

Mas não monitore apenas a velocidade. Leve em consideração, também, o aproveitamento da leitura (ou seja, o quanto você consegue compreender, sem precisar retornar ao texto uma segunda vez). Sua meta deve ser uma média de 80% de aproveitamento.

Você já pratica a leitura dinâmica? Qual é sua velocidade e aproveitamento de leitura?

Se ainda não atingiu as metas propostas aqui, não fique preocupado. Quanto mais você praticar, melhores serão os resultados.

Tenha em mente, ainda, que a tendência é aprimorar seu vocabulário com a leitura constante. E, com um vocabulário mais completo, você terá cada vez mais facilidade para ler e entender textos longos.

Para mais conteúdos e dicas como esses, siga o perfil do Escreva Para Web no Facebook, Twitter e Youtube, e acompanhe todas as nossas atualizações!

Este artigo foi escrito pela equipe do AppProva. Se você curtiu, aproveite para seguir também o perfil deles no Facebook e Twitter!