O que é CTA

O que é CTA? Aprenda quais são as melhores maneiras de usá-lo!

O CTA nasceu com o objetivo de incentivar uma tomada de ação perante os internautas que navegam em alguma página da internet. Seja para fazer o download de um ebook, para se inscrever em um webinar, para tomar a decisão de compra ou mesmo para fazer comentários e dar opiniões sobre algum blogpost, eles servem para promover um engajamento maior do seu site com o público. Existem algumas táticas e estratégias para deixarem seus CTA’s com uma taxa muito maior de conversão.

O CTA nasceu com o objetivo de incentivar uma tomada de ação perante os internautas que navegam em alguma página da internet. Seja para fazer o download de um ebook, para se inscrever em um webinar, para tomar a decisão de compra ou mesmo para fazer comentários e dar opiniões sobre algum blogpost, eles servem para promover um engajamento maior do seu site com o público. Existem algumas táticas e estratégias para deixarem seus CTA’s com uma taxa muito maior de conversão.

Quer entender um pouco mais sobre o que é CTA e como ele deve ser usado de forma efetiva? Então confira o nosso post!

Primeiramente, o que é CTA?

O CTA é um sigla em inglês que significa “call to action”, ou seja, chamada para alguma ação. Essa chamada solicita a ação imediata dos visitantes, leads ou clientes de determinado site para fazer alguma interação logo depois de ter visualizado um conteúdo específico.

Os CTA’s podem vir em forma de texto, botão ou link, acompanhado de palavras que incentivem a tomada de decisões como, por exemplo, “baixe agora o nosso ebook”, “inscreva-se já”, “não perca a nossa oferta, fale com um consultor” e “compartilhe a sua opinião”.

Por que ele é importante?

O CTA é importante não somente para as estratégias de marketing de conteúdo e sites de e-commerce em geral, ele é relevante para as páginas estabelecerem interações e ajudar a converter os clientes, estimulando desejos nos momentos certos. Os CTA’s também permitem que o navegante permaneça por mais tempo no seu site, usufruindo de outros conteúdos ou adquirindo informações importantes sobre seu negócio.

Lembrando que os CTA’s devem ser objetivos, claros e cumprir exatamente o que estão sugerindo. Nós sabemos o tanto que é desagradável clicar em um página que estamos  esperando encontrar a oferta proposta e nos depararmos com algo diferente ou irrelevante.

Como ele deve ser usado?

Como dito anteriormente, os CTA’s devem ser usados para estimular os visitantes de determinado site a realizarem ações de interesse da página. Eles podem variar de acordo com o objetivo de cada interação e de cada página. Esses objetivos podem ser desde um simples envolvimento com o blog, pedindo opiniões ou engajamento nas discussões, à captação de leads, ou seja, gerar contatos com os leitores para realizar possíveis negócios.

Como fazer CTA’s que convertem?

Para escrever CTA’s com ótimas taxas de conversão tenha em mente alguns pontos específicos como: o que os usuários estão procurando na sua página, como eles chegaram até lá e o que eles esperam encontrar. Com isso, você conseguirá pensar mais claramente em qual seria o próximo passo deles para evoluírem na sua estratégia de conversão.

Pense em qual será a estrutura do seu CTA: será em forma de texto, link ou botões anexados? Atente-se a detalhes mínimos como design, cor e até configuração do texto. Mas, se achar complicado, espere que vamos te dar uma forcinha com essa parte e iremos explicar um pouco mais sobre esses pontos.

Quais são as cores que atraem mais cliques?

Quando o assunto gira em torno de botões de ação, a verdade é que não existe um consenso sobre qual é a cor que mais funciona com eles. Alguns acreditam que o verde é mais eficaz, enquanto outros já apostam suas fichas nos tons mais avermelhados. “Mas então como descobrir qual é a cor certa para a minha página”? Simples: Observando qual é aquela que traz o melhor contraste na tela.

Pense o seguinte: se o seu site usa o esquema de branco como plano-de-fundo e preto no texto, seu call to action não pode seguir a mesma ideia. Ele não chamaria tanta atenção desse jeito. Portanto, procure sempre utilizar no CTA uma paleta de cores que se diferencie do restante do site.

Ah, e para te dar uma mãozinha com essa tarefa, aqui vai uma dica: dê uma olhada nos esquemas de cores que a comunidade de designers disponibiliza no site do Adobe Color e também na parte de Material Design do próprio Google.

Faças testes A/B

Mesmo depois de ter escolhido o melhor lugar para colocar o CTA e até o melhor esquema de cores para ele, talvez você ainda fique em dúvida sobre o seu potencial de conversão. E, para sanar essas dúvidas, nada melhor do que fazer um teste A/B para descobrir se aquele botão está performando como deveria. Mas como fazer esse teste?

É bem fácil: basta criar uma página de conversões praticamente idêntica à que você tem hoje, com apenas algumas mudanças como a cor do CTA ou até mesmo o texto utilizado nele. Daí é só criar uma esquema para que metade da audiência do seu site tenha acesso a ela enquanto a outra metade tenha acesso a pagina “original”. Feito isso, é só medir os resultados das duas e ver qual delas se deu melhor e trouxe mais conversões.

Não faça o visitante pensar

Em seu clássico sobre usabilidade “Não me faça pensar!: uma abordagem de bom senso à usabilidade na web”, Steve Krug fala sobre a importância de se entregar uma navegação simples e direta para os usuários de um site para que eles não fiquem perdidos por ali. E uma das maneiras de fazer isso, segundo o autor, é criando mensagens simples para os CTAs.

Isso mesmo: para que o seu call to action funcione direito é muito importante ir direto ao assunto e não tentar reinventar a roda. Por isso, aposte em comandos simples e bem conhecidos como “Assine a newsletter”, “Faça o download” e “Curta a nossa fanpage”.

Lembre-se que o importante é não deixar o visitante em dúvida se ele deve ou não clicar naquele link. É não fazê-lo pensar demais.

Resumindo a história: nunca se esqueça de colocar um CTA bem bacana em sua página, escolhendo o melhor texto, o melhor design e o melhor lugar da tela para ele. Desse jeito será bem mais fácil converter os seus visitantes em algo a mais, como assinantes do seu site e até mesmo clientes, certo?

E por falar nisso, agora vamos ao nosso CTA:

Conseguiu entender melhor como funciona um CTA? Ainda ficou alguma dúvida? Continue de olho em nosso blog para receber mais dicas e curta a nossa página no Facebook! Até a próxima 🙂

abc-do-copywriting-banner