Redação de blog: você está fazendo isso corretamente?

Tempo de leitura: 6 minutos

Escrever uma redação de blog não é uma tarefa fácil. É necessário cuidar de alguns detalhes essenciais para entregar um material de qualidade para o seu cliente. No entanto, a situação pode ser mais simples do que parece: basta acompanhar este texto para criar um material perfeito!

Neste post, você descobrirá quais são os erros que prejudicam a reputação de um redator. Vamos destacar pontos importantes como a estrutura do artigo e estratégias de SEO.

Está cansado de ter seus textos reprovados ou de receber várias solicitações de ajustes? Então, continue acompanhando esse artigo para acertar em suas produções!

Deixar de direcionar o texto para a persona

O primeiro passo para escrever um texto de qualidade em um blog é entender qual é a persona do cliente. Não adianta produzir um ótimo conteúdo, escrever um título atraente ou usar metáforas para impressionar o leitor se todos esses recursos não estiverem de acordo com o seu perfil ou não resolverem um problema dele naquele exato momento.

Imagine a seguinte situação: você terá que escrever um texto para um blog de maternidade. A pauta é: 7 dicas que toda mamãe precisa saber. Antes de começar a sua produção, leia atentamente sobre a persona do blog.

Neste caso, o seu texto poderá ser desenvolvido de duas formas.

  • Caso a persona esteja grávida, você pode incluir no artigo informações sobre como fazer um chá de bebê, como montar um enxoval e fornecer dicas para montar o quarto.
  • Caso a persona tenha um filho de 0 a 1 ano, você pode incluir no artigo informações sobre como fazer o seu filho dormir melhor, como fazer a introdução alimentar e dicas para impulsionar o desenvolvimento do bebê.

Percebeu a diferença? A persona influencia na forma como você irá desenvolver seu texto. Portanto, a partir de hoje, não escreva por impulso para evitar ajustes e refações em seu trabalho.

Não analisar a pauta do texto

No marketing de conteúdo é cada vez mais comum receber um texto para produzir com uma pauta caprichada. Ela é responsável por guiar o redator durante a produção do artigo, pois contém informações importantes como, por exemplo, os tópicos que ele deverá abordar no conteúdo e as principais referências. Geralmente, esses detalhes foram alinhados com o cliente e você precisa segui-los à risca para ter a sua tarefa aprovada.

Escrever sem escaneabilidade

Outro erro comum é escrever um texto sem escaneabilidade. Muitas vezes, isso ocorre porque estamos acostumados com o padrão do jornalismo impresso. Para se adequar a esse novo estilo de escrita, é necessário praticar. Um texto escaneável possui algumas características importantes como:

  • Parágrafos curtos com, no máximo, seis linhas;
  • Separar informações mais importantes por tópico para facilitar a leitura;
  • Inclusão de intertítulos no texto;
  • Utilização de imagens para deixar o texto mais atrativo.

Escrever textos extensos sem qualidade

Para completar um texto, muitos redatores costumam “encher linguiça”. Esse termo é utilizado quando o escritor não consegue mais desenvolver um conteúdo e começa a incluir informações sem relevância para o leitor. Muitos revisores de texto e até os próprios clientes já conhecem essa essa famosa estratégia e podem identificá-las em questões de segundos. Então, é melhor evitar para não ficar com a sua reputação prejudicada.

Sempre que for acrescentar uma informação em seu conteúdo, pense se ela ajudará a persona de alguma forma. Apresente os pontos principais da situação e mostre quais são as providências que o leitor terá que tomar para resolvê-lo.

Ao citar um exemplo, não escreva fatos sobre você mesmo, os problemas que você enfrenta em seu dia a dia ou histórias sem relevância. Veja se o conteúdo irá encaixar no estilo do seu texto e se ele irá atrair o seu leitor.

Para não cair nesse vício que ronda grande parte dos redatores, organize o seu texto antes de começar a escrever. Pense quais são as informações que você incluirá na introdução, no desenvolvimento e na conclusão. Dessa forma, desenvolverá um artigo mais completo e agradável para o seu leitor.

Concentrar-se apenas nas estratégias de SEO

Um erro clássico que os redatores cometem ao escrever um texto para a web é pensar na otimização do artigo para os motores de busca ao invés de concentrar os argumentos nas dores da persona. Repetir a mesma palavra-chave várias vezes em um texto, por exemplo, não ajudará o seu blog a subir nas primeiras posições do Google. Pelo contrário, ele ficará penalizado e as chances de alcançar a primeira página serão cada vez menores.

Em relação ao SEO, só mais um detalhe: tome cuidado quando for trabalhar com link building. É muito legal quando o seu blog consegue adquirir links de outros sites, mas é importante que eles também estejam de acordo com o perfil da sua persona.

Ignorar a revisão

Seu trabalho tem bons padrões de qualidade? Mantê-lo alto é muito importante para continuar recebendo tarefas e conquistando novos clientes. Para continuar produzindo com qualidade, esteja em dia com as regras da língua portuguesa, tenha várias ideias e não se esqueça de sempre revisar seus textos. Não há nada mais desmotivador que receber um texto com vários erros de gramática, não é mesmo?

No entanto, quando se fala em conteúdo para blog, o trabalho de revisão é mais completo. Veja abaixo quais são os pontos que você deverá analisar.

  • Escaneabilidade;
  • Uso correto do link building;
  • Coerência e coesão;
  • Adequação ao pitch;
  • Gramática.

Não se atualizar

O processo de escrita sempre passa por mudanças, especialmente quando falamos de produção para web. Para escrever uma redação de blog de acordo com as necessidades do mercado, é necessário estudar sempre. Procurar por qualificação online é uma ótima opção!

Quando terminar de escrever um texto, recomendamos que você faça uma espécie de checklist. Verifique se ele contém os erros que mencionamos acima. Se estiver tudo certo, envie o material para o seu cliente. Tem ainda alguma dúvida? Peça para um amigo ou colega de profissão ler o seu material. Quem sabe ele não identifica um problema que você não percebeu?

Se você gostou de aprender mais sobre redação de blog, que tal aprofundar seus conhecimentos em copywriting agora mesmo? Aprenda tudo sobre conteúdos para blogs e landing pages!

Artigos relacionados

Sobre Matheus Pereira

Jornalista formado pelo Centro Universitário UNA, analista de planejamento na Rock Content, entusiasta do marketing digital e defensor da comunicação. Acredita que ela tem o poder de transformar a nossa sociedade.