Revisão VS copidesque - entenda a diferença!

Revisão VS copidesque: entenda a diferença!

Você certamente já ouviu falar em revisão de textos, mas talvez o copidesque seja ainda um relativo mistério. Se você não sabe bem quais são as diferenças entre as duas atividades no fluxo editorial, vamos ajudá-lo com algumas informações básicas e importantes. Assim, essa pode ser uma boa oportunidade de conhecer novas oportunidades profissionais. Vamos lá!

Você certamente já ouviu falar em revisão de textos, mas talvez o copidesque seja ainda um relativo mistério. Se você não sabe bem quais são as diferenças entre as duas atividades no fluxo editorial, vamos ajudá-lo com algumas informações básicas e importantes. Assim, essa pode ser uma boa oportunidade de conhecer novas oportunidades profissionais. Vamos lá!

Copidesque e mão na massa

O copidesque é uma etapa da produção editorial que já foi muito comum em redações jornalísticas. A palavra é emprestada do inglês “copy desk”, que quase saiu de circulação depois que os jornais brasileiros, ainda no século XX, foram dispensando esse trabalho especializado e passando a concentrar mais atividades no redator.

Na redação web, o trabalho de copidesque reaparece com força total. Se é seu objetivo ser um bom copidesque, saiba que você vai atuar para que os textos estejam adequados à estratégia de marketing de conteúdo, além dos cuidados com a linguagem, propriamente.

O trabalho de copidesque inclui as preocupações de um revisor com gramática, mas é mais amplo. Sendo um copidesque, você tem permissão para reescrever boa parte do texto, se necessário. Muito além da ortografia, o copidesque atua adicionando conteúdo relevante à redação, ajustando a estrutura, adequando a linguagem à persona, além de otimizar o texto para SEO.

Embora você também deva se preocupar com a finalização do material, isto é, acabamentos, formatação, gramática etc., seu foco é a reescrita, principalmente considerando aspectos como coesão, coerência e a estrutura textual proposta pelo marketing de conteúdo: abertura, texto com intertítulos e CTA (call to action).

Revisão de textos

O revisor de textos tem um perfil profissional mais detalhista do que o copidesque. Se esta é a etapa em que você pretende atuar, saiba que ela geralmente está mais ao fim do fluxo editorial. Assim, um revisor tradicional pode, por exemplo, revisar um texto que já foi verificado por um copidesque.

Portanto, esse profissional deve se preocupar menos com questões de conteúdo. Seu objetivo, na verdade, é fazer corretamente as verificações ortográficas, sintáticas, gramaticais de toda ordem.

Basicamente, o negócio é tornar o texto livre de erros de linguagem. É normal que o revisor desenvolva a habilidade de descobrir referências e formulações gramaticais difíceis de serem notadas.

É claro que aspectos da formatação ou elementos como coesão e coerência não devem passar batidos pelo revisor. No entanto, este é um profissional que prima pela correção, isto é, por dar ao texto uma composição adequada aos melhores padrões da língua portuguesa. Nesta etapa, você filtra ainda mais o que porventura tenha passado pelas lentes do copidesque.

Em outras palavras, o revisor é mais comprometido com a gramática e com aspectos formais do que o copidesque, mas não se preocupe: não é preciso decorar tudinho de ortografia ou regência. Os livros de referência e de consulta estão aí para ajudar. Quer ver?

Do dicionário ao planejador de palavras-chave

Tanto o revisor tradicional quanto o profissional de copidesque atuam de maneira discreta, sempre pensando no melhor texto que podem oferecer ao leitor. A escrita para web, por exemplo, em muitos casos utiliza o método de ghost writing, tornando irrelevante ao público quem redigiu ou revisou o texto.

Paralelamente, em textos jornalísticos o revisor precisa tomar cuidado para não interferir na construção do conteúdo. Portanto, se você for atuar como copidesque ou como revisor, saiba que vai trabalhar com muito mais do que sua memória, sendo constante o uso de ferramentas específicas.

No caso do copidesque, são comuns o uso de recursos como um dicionário de sinônimos, ideal para corrigir repetições. Além disso, também são utilizados mecanismos de pesquisa de referências e palavras-chave.

Desses, além da busca de motores como Google e Bing, também são válidas ferramentas como o SEMRush ou Keyword Planner. Também é normal que profissionais de copidesque visitem páginas com dicas de redação para web, como o nosso Escreva Para Web!

Revisores, em contrapartida, costumam usar dicionários de significados e manuais de redação, além do vocabulário de sinônimos.

Em ambos os casos é fundamental ser um bom pesquisador, conhecer e usar materiais diversos, como dicionários, enciclopédias, manuais de regência, vocabulários etc. Nós, do Escreva Para Web, produzimos uma Cartilha de Nova Ortografia para auxiliar tanto revisores  quanto copidesques, confira!

Baixe grátis!

Ademais, é essencial ter espírito de equipe, pois revisores, redatores, tradutores, copidesques e demais profissionais de produção de conteúdo trabalham juntos em prol do leitor, das personas para as quais escrevem e das empresas que solicitam os textos. Embora seja normal que um interfira no trabalho do outro, esta é uma forma oposição criativa, que agrega valor ao produto.

Encontre seu perfil profissional e mãos à obra

Como vimos até aqui, embora pareçam funções semelhantes, na prática cada etapa da criação do conteúdo requer talentos e habilidades diferentes. Nem todo bom revisor é bom copidesque e vice-versa,  é preciso encontrar seu estilo ou sua etapa de atuação preferida.

Como em toda profissão, copidesques e revisores dependem de suas reputações e as constroem a cada trabalho aprovado. Afinal, escrevendo ou não para o funil de vendas, textos têm a função de oferecer conteúdo relevante, que esclareça dúvidas e curiosidades do leitor.

Como você viu, o profissional que atua de maneira mais ampla, mais próxima da redação, é o copidesque. Os freelancers que trabalham com a Rock Content nessa parte posterior à redação são profissionais de copidesque.

Se você tem interesse em realizar este tipo de trabalho, cadastre-se agora mesmo na Plataforma Rock Content! Qualquer dúvida, não se esqueça de voltar aqui no texto, ok?

Você-já-é-revisor--Venha-ser-parte-da-comunidade-Rock-Content!