O guia definitivo de SEO para iniciantes!

Tempo de leitura: 9 minutos

Se você está pensando em criar um blog ou trabalha como redator freelancer, então você sabe que existem alguns passos que devem ser seguidos para alcançar os seus objetivos com sucesso.

Dominar o português, conhecer o seu público-alvo, saber formatar o conteúdo, revisar o texto antes de postar e ter comprometimento com prazos, são apenas alguns dos requisitos indispensáveis.

Além desses pontos mencionados acima, é muito importante que você saiba o que é e conheça as estratégias de SEO. Tem ainda alguma dúvida sobre esse assunto? Então, este post é para você!

Criamos um guia definitivo de SEO para iniciantes, onde explicaremos o que é, quais são os principais fatores de ranqueamento, qual a diferença entre produzir conteúdos para buscadores e o seu público-alvo, além de compartilhar algumas táticas importantes. Confira:

O que é SEO?

SEO é a sigla para Search Engine Optimization. Em português, esse termo pode ser traduzido como otimização de sites para os mecanismos de buscas, como Yahoo, Bing e o Google. Mas como isso funciona?

Ao escrever um texto e postá-lo em seu blog (ou no do cliente), você deve se lembrar de usar um termo (palavra-chave) que seja a representação da dúvida da sua persona.

Dessa forma, toda vez que o seu leitor fizer uma pesquisa em um dos buscadores, ele encontrará o seu blog com mais facilidade.

No entanto, para que os posts apareçam entre os primeiros resultados, o seu blog deve ganhar confiança dos motores de busca e também do público-alvo — como falaremos mais à frente.

E, para isso, conhecer os principais fatores de ranqueamento e investir em estratégias de SEO é fundamental.

Para garantir a efetividade dessa tática, é preciso:

  • Conteúdo de qualidade;
  • Uso correto de palavras-chave;
  • Linkagem interna para outros artigos do seu blog;
  • Links para o seu blog vindos de fora do seu domínio;
  • Arquitetura e desenvolvimento adequados do blog.

Principais fatores de ranqueamento

Não é difícil entender como os motores de busca funcionam. Digamos que eles têm “robozinhos” que ficam circulando pela internet, avaliando cada post publicado e verificando se eles estão condizentes com as diretrizes determinadas. Esses robôs são conhecidos como crawlers.

Consideremos o Google como o nosso buscador-alvo. Ele tem mais de 200 fatores para garantir que um site está otimizado, e os principais são:

  • Palavra-chave no título, subtítulo e ao longo do texto;
  • Título do post começar com palavra-chave;
  • Extensão e atualização de conteúdos;
  • Quantidade de publicações no blog;
  • Links externos e internos.

Conteúdo para buscadores x público-alvo

É muito importante que, ao pensar e escrever um texto, você encontre um equilíbrio entre as técnicas adotadas no material — tanto para conquistar o leitor como para ganhar a confiança dos motores de busca.

De nada adianta ter um blog otimizado se o conteúdo ali publicado não for capaz de despertar o interesse das pessoas. Da mesma forma, para garantir que o seu conteúdo alcance o maior número de pessoas possível, é preciso se atentar a alguns detalhes de SEO.

Portanto, abaixo, você entenderá melhor quais cuidados deve ter para garantir que o seu blog esteja qualificado para pessoas e motores de busca.

Conteúdo para público-alvo

Tamanho

Não existe um tamanho ideal para um post, no entanto, textos mais longos, de 1000 palavras, por exemplo, podem ranquear melhor do que um de 500.

Uma dica é estender e atualizar conteúdos antigos, aproveitando o tráfego que essas postagens já têm e mostrando ao leitor que você se preocupa em sempre apresentar o melhor conteúdo para ele.

Escaneabilidade

Um texto é considerado escaneável quando permite que o leitor passe os olhos por ele e consiga identificar quais são os tópicos que serão abordados.

Para tanto, um texto de 500 palavras, por exemplo, deve ter ao menos 3 subtítulos; parágrafos curtos e objetivos (de no máximo 5 linhas); e, quando necessário, usar bullet points e negrito, para dar destaque a uma informação ou trecho.

Relevância

Se você quer tornar fiel o visitante do seu blog, é muito importante que o conheça a ponto de planejar e produzir conteúdos que sejam relevantes e do interesse dele. Dessa forma, ele precisa ser educativo, contribuindo para passar novos conhecimentos e insights.

Diferenciação

Você já pensou em investir em outros tipos de conteúdo em seu blog? Que tal diversificar as postagens? Vídeos, infográficos, imagens e podcasts são também ótimas possibilidades de entreter, educar e fidelizar o seu público.

Rapidez

Tenha certeza de uma coisa: se alguém acessa o seu blog e ele demora para carregar a página, certamente essa pessoa o abandonará e buscará por outro que fale sobre o mesmo conteúdo e que proporcione uma experiência melhor. Este, por sinal, é um fator que também é verificado pelos motores de busca.

Para garantir a experiência do usuário e uma boa avaliação dos crawlers, uma das grandes preocupações atuais, você pode verificar como widgets e plugins estão afetando o funcionamento da sua página, salvar imagens em PNG e com tamanho otimizado, além de usar templates com códigos limpos.

Conteúdo para buscadores

Uso adequado de palavras-chave

Ao longo do texto, é ideal que a palavra-chave apareça pelo menos 3 vezes: uma no primeiro parágrafo, em um dos subtítulos e no último parágrafo. Além disso, os motores já são inteligentes o suficiente para entender e reconhecer variações de uma palavra-chave.

Ela deve aparecer de maneira natural, sem parecer que você está forçando a presença dela no material ou tentando burlar alguma regra do Google. O uso exagerado de palavras-chave pode despertar a desconfiança dos motores de busca e o seu blog ser penalizado por conta disso.

Hyperlinks

Lembra que comentamos que, dentre os fatores de ranqueamento, o Google verifica o uso de links internos e externos? Eles são muito importantes para o seu blog.

Enquanto que os links externos mostram para o leitor que você está de olho em sites e blogs de qualidade, os links internos contribuem para manter um visitante por mais tempo em seu blog e melhorar o ranqueamento.

Hyperlinks também devem ser utilizados para legitimar alguma afirmação ou dados, dar fluidez ao texto e torná-lo mais interativo.

Blog responsivo

O smartphone é o principal meio de acesso à internet atualmente. Esse fato torna ainda mais importante que o seu blog seja responsivo, ou seja, consiga se adaptar para diferentes dispositivos, de modo que a navegação do usuário não seja prejudicada.

Design da página

Para tornar a experiência do usuário com o seu blog mais agradável, tenha cuidado com o tamanho e a fonte adotada e não exagere na quantidade de informações disponíveis.

Estratégias de SEO para iniciantes

Agora que já explicamos o que é SEO e o que você deve fazer para agradar tanto pessoas como motores de busca, separamos algumas dicas infalíveis de SEO para iniciantes e que você não pode deixar de adotar em seu blog:

Meta description

Cada post deve ter uma meta description. Ela aparece nos resultados de busca e apresenta um resumo do que vai ser apresentado no conteúdo. Evite escrever mais do que 160 caracteres, não se esqueça de usar a palavra-chave e a torne interessante para o leitor.

Alt Tag nas imagens

Não é porque os motores de busca não são capazes de ler imagens que você deve se descuidar dessa parte. Tudo o que você fizer para otimizar o seu blog será considerado pelos robôs — e o Alt Tag entra nesse grupo.

Ele é uma descrição das imagens do seu blog, de no máximo 8 palavras (de preferência com a palavra-chave entre elas).

O Alt Tag também vai se mostrar relevante caso a sua página não abra adequadamente, permitindo que o usuário tenha noção do que está presente nas imagens e o torna mais acessível para deficientes visuais, já que os programas utilizados por eles poderão identificar e apontar o conteúdo dessas imagens.

Título da página ou Title Tag

O título da sua página, também conhecido como Title Tag, precisa seguir algumas regras:

  • Ser a única área formatada em H1;
  • Ter no máximo 55 caracteres;
  • Conter palavra-chave — a formatação ideal é a palavra-chave do lado esquerdo da tela: Título do post – Nome do blog.

URL amigável

Toda URL do seu blog deve ser amigável e otimizada, ou seja, ela jamais deve aparecer da seguinte forma:

escrevaparaweb.com.br/index.aspx?id=86352920

O ideal é que ela tenha no máximo 5 palavras e, dentre elas, a palavra-chave. Por exemplo:

escrevaparaweb.com.br/seo-para-iniciantes

Isso não só facilita o trabalho dos motores de busca como a torna mais atrativa e segura para os usuários.

O que não fazer

É muito importante que você aposte apenas nas práticas consideradas adequadas e aceitas pelo Google. Se você tem alguma dúvida sobre esse assunto, nós já falamos aqui no blog sobre Black Hat SEO e como isso pode prejudicar o seu conteúdo.

Apenas para você ter uma ideia, se o Google considerar que o seu blog está infringindo alguma de suas diretrizes, você pode perder posições no ranking, autoridade e até ter a sua página banida.

Agora que você já conferiu algumas dicas de SEO para iniciantes, dê o próximo passo para aprimorar os seus conhecimentos e baixe o nosso e-book repleto de dicas de SEO para redatores!

tecnicas-de-seo-para-redatores

Artigos relacionados

Sobre Mérian Provezano

Analista de qualidade de conteúdo na Rock Content , formada em Jornalismo, estudante de Letras e nerd em formação. Passo meu tempo livre lendo livros, vendo séries e escutando Robbie Williams.